Movimento Passe Livre: Manifestação burra e partidária

ônibus

POUCA INTELIGÊNCIA: Manifestantes que são massa de manobra, marionetes intelectuais, quebram ônibus em protesto contra tarifa. Mas ônibus quebrado aumenta custo no sistema o que não contribui em nada para a redução do valor da passagem. Foto: G1

Muitos interesses além da tarifa
Manifestações contra o aumento das passagens dos ônibus, trens e Metrô de São Paulo têm sido oportunidade para muitos aparecerem
ADAMO BAZANI – CBN
Não! Definitivamente é difícil acreditar que a onda de vandalismo, violência e destruição que São Paulo tem registrado apenas seja motivada pelo desejo da população de baixar a tarifa dos transportes públicos.
Realmente, mesmo com a desoneração do PIS/COFINS sobre a receita das empresas de transportes, com redução de 3,65% que impediu que os reajustes fossem acima da inflação, as passagens que subiram de R$ 3,00 para R$ 3,20 ainda pesam no bolso do trabalhador.
Mas todos os serviços de transportes têm aumentos anuais e até mensais dos seus custos: o diesel aumenta, os lubrificantes, peças, pneus, salários dos motoristas, cobradores, metroviários e ferroviários, então, para que haja metrô, trem e ônibus à serviço da população, é necessário equiparar as receitas com estes custos.
Nem para as empresas de ônibus é interessante tarifa muito alta. Afinal, a migração de passageiros para o deslocamento a pé e principalmente para a compra de motos, cujas prestações às vezes são mais baixas que os gastos mensais das passagens fazem com que as pessoas deixem o transporte público.
O bando de massa manipulada que depreda estações de metrô, fachadas de lojas e bancos, lixeiras, quebra ônibus e etc não é formado por trabalhadores e usuários dos transportes e mostram que são meras marionetes nas mãos de muita gente que quer aparecer, mas não é disposta a discutir de fato a questão da mobilidade urbana.
Você sabia que num corredor exclusivo, um ônibus gasta em média 20% menos de combustível, a manutenção é mais baixa, pois o veículo não fica no para e anda?
Que por não ficarem no trânsito, os ônibus em espaços preferenciais conseguem fazer mais viagens, o que traz economia ao sistema?
Que, mesmo com a desoneração do PIS/COFINS, a carga tributária sobre as tarifas é igual a uma roupa de luxo num shopping?
Por que os organizadores destes atos de vandalismo não discutem isso? Não explicam isso à suas massas de manobras.
Grupos que defendem socialismo, democracia, que se dizem de esquerda e muitas bandeiras de partidos políticos, como PSOL e PSTU no meio dos manifestantes.
Todos dizem: “Se a Tarifa não baixar, São Paulo vai parar”. Mas é São Paulo que têm de parar com a ação destes criminosos travestidos de manifestantes que não têm a menor noção e preparo para discutir transportes.
Ninguém está defendendo violência policial. Mas se um grupo fecha ruas e avenidas, destrói estações e terminais e danifica ônibus, a polícia não deve responder com perfume e flores.
Afinal, essa massa de manobra, ao fazer todas estas ações bárbaras, assumiu o risco de confronto e de apanhar. Nesta terça-feira, dia 11, foram cinco horas de suposta manifestação com 20 pessoas presas. Pouca gente, na verdade.
Sabe trabalhador de verdade? Sabe aquele que de verdade usa o ônibus, o trem e o metrô às 04h, 05h e 06h ? Pois é, é este trabalhador que vai pagar a destruição promovida por estes acéfalos comandados pelos partidos políticos e sindicalistas companheirada.
Aliás, alguém pode me responder??? O que o presidente do Sindicato dos Metroviários, Altino desPrazeres tava fazendo em um dos dias do protesto? Ele não usa metrô?
Dá para manifestar sem criar arruaça. Por isso é fato: Há muito mais interesses por trás destas manifestações que as tarifas de ônibus
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

17 comentários em Movimento Passe Livre: Manifestação burra e partidária

  1. Interesses inescrupulosos sempre existiram e sempre existirão. Não sei quantificar quantas pessoas que estavam na manifestação, mas a baderna fica por conta da minoria. Todos estão mais preocupados em falar no que foi quebrado e ninguem está falando do lixo que é o transporte público. Se as empresas tem seus custos, tem também suas obrigações, se não estão tendo lucro desejados, retirem-se quero ver se eles fazem isso, e o lucro milionário onde fica ? Até agora nenhum dos líderes destas manifestações foi ouvido por nenhum prefeito, os mesmos estáo omissos e se escondem.

  2. Recomendo ver:
    http://www.youtube.com/watch?v=MAvk5vF2U88

    Eles atacam o alvo errado. Interessante ver o protesto com muita, muita gente… Mas definitivamente estão indo por um caminho que não vai resolver o problema na raiz. Temos que lutar pela livre concorrência, pelo fim do monopólio/oligopólio nos transportes. Só é caro e um lixo porque as empresas – e o governo – sabe que não há concorrência.

  3. Ademar Rodrigues // 12 de junho de 2013 às 12:33 // Responder

    Eu discordo da matéria … pois ela não cita que em muitos casos as manifestações se iniciam pacificamente e por culpa da policia mesmo que chega arrebentando, jogando bombas entre outras coisas … ai sim gera a revolta e destruição.
    Isto ninguém tem citado essa violência empregada pela policia em muitos momentos em que o ato esta pacifico.
    Falo isto com conhecimento de causa, pois tenho amigos dos 2 lados … e vi muita coisa …
    Entre elas o intuito do governo é que estes atos cheguem a população em geral como atos de vândalos para que não ganhem mais força e apoio da população, e a mídia em geral tem ajudado com isto !!!

  4. O que esperar de um povo alienado como o brasileiro? Eu era criança, mas me lembro dos cara pintada que derrubaram um presidente sem quebrar nada e hoje os alienados fazendo essa baderna…

  5. Estudante que tira governo é conversa para boi dormir.Quem manda,coloca e tira é a globo.O resto é conversa.Agora ninguem faz manifestação quando um politico ganha aumento,14 salário etc…Isso é o brasil um país que tinha tudo para ser uma potencia e ainda tem estas coisas por interesses pessoais e de partidos.A passagem se fosse na gestão kassab já estaria a rs 4,00 podem ter certeza.Não estou defendendo partidos, empresas,mais elas tem funcionários registrados,manutenção,combustível que se queima nos transitos,até nisso um empresário ou político que é dono de posto tem lucro,como uns que até tem posto de gasolina e caminhões para transporte do mesmo,pedágios etc.Tem maus empresários,oportunistas,tem.Algumas empresas de onibus com certeza tambem dão dinheiro a politico e fiscais para não fiscalizarem as mesmas,o dinheiro é uma merda as vezes,corrompe,o povão fica a merce de roubos e falta de qualidade no transporte.Para mim são poucas empresas urbanas de onibus que levam a sério o transporte publico em são paulo.A revolta entre aspas,manifestação,só gera prejuízo para nós mesmos na sociedade que pagamos impostos.Prejuízo para alguns,outros ganham dinheiro,no país salvem quem puder.Infelizmente.Que venha a licitação piada 2013 da sptrans.

  6. Discordo, Adamo. Ficar discutindo vandalismo (que é uma atitude negativa, não resta dúvida) só vai afastar a todos da verdadeira reflexão a ser feita; a relação custo-benefício do transporte, na ponta do passageiro, é de uma ruindade até obscena.

    Se São Paulo tivesse um transporte no mesmo nível da RIT, do Transmilênio, ou até mesmo o Interligado fosse aplicado corretamente, a tarifa poderia estar 5 reais que ainda assim não haveria quem protestasse por isto. Maas, como temos a má qualidade que tem, como não temos gestão, visão, nem nada profissional para administrar o transporte, chegamos aí neste ponto onde não deveríamos estar.

  7. quando acontecem estas coisas, eu sinto que é gente em favor do governo federal fazendo arruaça pra despistar a atenção das pessoas, o PT perdeu o controle da inflação, o dólar está subindo, só não v~e quem não quer, uma hora a bomba cai no nosso colo.
    os vermes do PSOL e do pstu estão trabalhando direitinho para isso…

  8. Sabe trabalhador de verdade? Sabe aquele que de verdade usa o ônibus, o trem e o metrô às 04h, 05h e 06h ? Pois é, é este trabalhador que vai pagar a destruição promovida por estes acéfalos comandados pelos partidos políticos e sindicalistas companheirada.
    Aliás, alguém pode me responder??? O que o presidente do Sindicato dos Metroviários, Altino desPrazeres tava fazendo em um dos dias do protesto? Ele não usa metrô?
    Dá para manifestar sem criar arruaça. Por isso é fato: Há muito mais interesses por trás destas manifestações que as tarifas de ônibus

    esta é a melhor parte do texto…
    quem não tem proposta faz bosta
    a campanha eleitoral está só no começo
    depois piora

  9. O que foi falado é o conjunto da obra, não apenas um fato isolado. Já passou da hora do povo protestar, não só contra as passagens, mas contra tudo o que foi descrito acima e mais, contra aqueles políticos que não largam o osso e ainda tem a cara de pau de ir pra TV debochar do povo, contra todo tipo de corrupção descarada, impostos abusivos, falta de infra estrutura e toda a série de mazelas que o povo passa no seu dia a dia. Vamos aos protestos, o primeiro passo foi esse! Sempre deixando a violência e a depredação de fora desta questão!

    • Ninguem protesta sobre o valor do salário mínimo, que deveria ser de uns 2 mil e poucos reais para sustentar uma familia decentemente, pelo contrário, vem esse governo nojento e diz que ”classe média é quem ganha de 300 a 1000 reais, em vez de melhorar as coisas nivela tudo por baixo.
      alguem consegue viver com 300 reais? só na cabeça destes vermes que estão no governo federal, só os cumpanheiro acha que a vida do povo melhorou.

  10. Adamo, você está mais preocupado com mais com a integradidade fisica do ônibus e em defender o setor do qual você atua do que escrever de forma isenta o que representa esse protesto.

    Tá certo que não se pode ter vandalismo, mas todo brasileiro reclama que ninguém faz nada, quando surge um primeiro movimento que peca pela sua vanguarda de atuação, todo mundo sai matando ao invés de procurar corrigir.

    O Brasileiro tem sim que cobrar seus politicos para termos uma sociedade mais justa.

    E a planilha de custos das empresas de ônibus são uma verdadeira caixa preta que não é aberta pela prefeitura.

  11. Ádamo sabe o que é isso: é um bando de simpatizantes do socialismo, gente alienada que se acham os salvadores da pátria, baseado numa ideologia de um sistema que já mais funcionou, não funciona (como vemos os poucos países socialistas passando por dificuldades financeiras e cheios de embargos) e nunca funcionará, isso nunca vai funcionar aqui no Brasil e jamais conseguirão converter este país em um estado socialista. Bando de esquerdistas miseráveis, o aumento ao meu ver não foi absurdo, o problema sim é a qualidade do serviço fornecido, que não corresponde ao valor da tarifa que pagamos, quanto a isso temos direito de questionar e cobrar melhorias. Protestar é um direito da cidadania, mas vandalismo é crime, quem está sendo prejudicado com a destruição dos ônibus não são só os empresários, são também, nós mesmos porque um ônibus quebrado é um ônibus a menos na rua e um sofrimento a mais para aqueles que já sofrem com o transporte, ele é nossa condução portanto devemos zelar por estes veículos e não destrui-los (salvo se for uma verdadeira sucata mesmo em condições desumanas e deploráveis, o que não é o caso rs…).
    Esquerdistas nojentos, se aproveitam da situação para causar e espero que cedo ou tarde a nossa justiça, que é lenta e falha, trate de dar um tratamento devido a esses medíocres – Desabafo.

  12. Se: ” num corredor exclusivo, um ônibus gasta em média 20% menos de combustível, a manutenção é mais baixa, pois o veículo não fica no para e anda” por que a passagem da metra é R$ 0,20 mais cara que o metrô e sptrans? É a ganância da Beatriz Setti?

  13. Impressionante a limitação dos “analistas” oficiais e oficiosos sobre a manifestação do MPL! Quando vão se dar conta que atualmente as instituições políticas e sindicais JAMAIS conseguiriam reunir tamanho número de pessoas, nas diferentes capitais do país?! Antes de postarem análises simplistas atacando partidos de esquerda, comecem a se preocupar com a extrema direita e em garantir o direito de manifestação pacífica que nos foi dado pela constituição, pois nossa história nos mostra o que a extrema direita fez no passado quando estudantes também protestavam: Vinte e um anos de ditadura militar

    • Você falou tudo, senhor Mal Necessário, DIREITO À MANIFESTAÇÃO PACÍFICA.
      Na quinta-feira, houve extremo abuso da PM, mas nos dias anteriores, não foram registrados PMS e nem jornalistas pagando o transporte público que você, eu e todos pagamos.

  14. Bazani ótimo artigo, se o transporte é ruim, caro, temos que lutar para melhorá-lo porém as manifestações oportunistas e querendo algo que sairá mais caro, o passe livre. Hoje o preço cheio da pssagem poucos pagam, só quem usa o transporte esporadicamente, estudantes pagam meia, idosos, pessoas especias não pagam, trabalhadores carteira assinada, tem vale transporte, e com o bilhete unico temos integração, ou seja, na ponta do lápis a média da passagem é bem menor;
    O problema do transporte é que, ainda é estatizado, a prefeitura que controla, por isso é caro, abram para a livre concorrencia que a passagem baixa.
    Qtos aos movimentos são capitaneados pelo psol, pstu, pco e pc do b, ano que vem tem eleições os grupelhos vão barbarizar e ainda tem o pcc que todo ano de eleições, ainda piora na violencia, dias ruins pela frente;

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: