Confira os corredores em São Paulo cujas licitações já foram aprovadas

ônibus

Ônibus em São Paulo.Prefeitura aprova o resultado de onze licitações de corredores de ônibus que começaram no ano passado. Obras que juntas vão custar R$ 2,2 bilhões e somar ao todo 60 quilômetros, devem ficar prontas em no máximo três anos. Foto: Adamo Bazani.

Mais resultados de licitação para corredores em São Paulo foram aprovados
Ao todo, já são onze corredores e terminais aprovados. As licitações começaram na gestão de Kassab
ADAMO BAZANI – CBN
A prefeitura de São Paulo homologou mais dois resultados de licitação para corredores de ônibus na Capital Paulista nesta terça-feira, dia 30 de abril.
Ao todo já são onze propostas que já foram aprovadas, restando apenas a assinatura dos contratos para o início das obras.
São cerca de 60 quilômetros de corredores e terminais urbanos, cujos certames foram abertos na gestão passada, de Gilberto Kassab. O custo será de R$ 2,2 bilhões. As obras devem ter duração de até três anos, dependendo do tipo de intervenção a ser realizada.
Os terminais construídos serão em Itaquera (zona Leste de São Paulo) e Jardim Ângela, na zona Sul.
A proposta de Kassab de fazer nestas áreas terminais para ônibus rodoviários foi deixada de lado pelo prefeito atual, Fernando Haddad.
Os corredores e os terminais cujo resultado da licitação já foi aprovado são:

1 Corredor Leste – Radial 1 Vencedor: OAS/EI, Preço: R$ 439.751.838,21 Prazo 36 meses
2 Corredor Leste – Radial, Vencedor: CR Almeida/Consbem; Preço: R$ 148.757.190,16, Prazo: 30 meses
4 Corredor Leste – Itaquera; Vencedor: Carioca/Heleno & Fonseca; Preço: R$ 150.782.571,58 Prazo: 36 meses
5 Corredor Capão Redondo/Campo Limpo/Vila Sônia. Vendecor: Paulista/Construbase, Preço: R$ 213.598.686,17; Prazo 36 meses
6 Corredor M’Boi Mirim: Vencedor: Arvek/Simioni Viesti, Preço: R$ 98.494.741,69; Prazo: 18 meses
7 Binário Santo Amaro: Vencedor: Enpavi/Cetenco; Preço R$ 39.998.460,66; Prazo: 18 meses
8 Corredor Berrini; Vencedor: Camargo Campos/JZ, Preço: R$ 45.288.227,09; Prazo: 18 meses
9 Corredor Inajar de Souza ; Vencedor: Serveng/Galvão; Preço: R$ 169.751.131,88; Prazo:24 meses
10 Terminal Itaquera; Vencedor: Camargo Corrêa/Constran ; Preço R$ 417.908.715,39; Prazo:36 meses
13 Terminal Jardim Ângela: Vencedor: Andrade Gutierrez/Engeform; Preço: R$ 307.663.532,71; Prazo:36 meses
14 Complexo viário – Terminal Jardim Ângela; Vencedor: Gomes Lourenço/Santa Bárbara, Preço: R$ 154.752.339,97; Prazo: 36 meses
TOTAL R$ 2.186.747.435,51
Fonte: Secretaria Municipal de Transportes
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

6 comentários em Confira os corredores em São Paulo cujas licitações já foram aprovadas

  1. Adamo,
    Importante informação, que atende nossa paixão pelo sistema.
    Gostaria de saber mais detalhes sobre essas obras. Você sabe como eu poderia?
    obrigado

  2. Amigos, bom dia.

    Até agora sem novidades, vencedores previsíveis, afinal só estas empresas tem ativos, para encarar obras desse porte. Mais uma licitação sem utilidade.

    Alguém discorda ?

    O que importa sao como estes foram projetados.

    Só espero que eles sigam a linha dos atuais “pontos de Buzao”, pois se seguirem, é
    Melhor e mais barato fazer corredor a la Paulo Gil (faixa branca, tacão e sinalização.

    Sinceramente eu não boto muita fé não.
    E os pontos de Buzao transparentes, ainda vão continuar a ser instalados, ou algum inteligente teve a coragem de abortar esse projetinho e fazer projeto técnico ?

    Que o Sao Buzao nos proteja ?

    Mas uma coisa é certa do sol nas nossas cabeças daquela ponto de Buzao transparente nem o Sao Buzao conseguirá nos proteger.

    Quanta impunidade.

    Não adianta diminuir a idade penal, tem e de aplicar a lei penal (modernizada e claro) , para quem quer queimar as cabeças dos passageiros com os raios ultravioletas do sol.

    Alguém se habilita ? Algum réu confesso ?

    Há o benefício da dilação premiada.

    Ou vão dizer que o vidro do telhado do News ponto do Buzao e sintonizado e não vai queimar a cabeça de nenhum passageiro com rimas UV do sol tropical do Brasil.

    Mas ainda da tempo, antes de iniciar as obras dos corredores assistam o filme do corredor de Uberlândia o qual eu já LinkedIn aqui no blog.

    A sorte está paga, digo lançada.

    Att,

    Paulo Gil

    • Correções necessárias:

      No quarto parágrafo incluir NÃO ( espero que não).

      Onde está escrito leia

      Sintonizado Xistonizado

      LinkedIn linquei

      Grato

      Paulo Gil

  3. Rafael Asquini // 2 de maio de 2013 às 00:03 // Responder

    Os prazos, especialmente o de 36 meses, estão adquequadíssimos para que as inaugurações rolem às portas da eleição para Prefeito de 2016.

  4. Rolland T. Flackphayser // 2 de maio de 2013 às 05:50 // Responder

    Todos as licitações lançadas no “nefasto” governo Kassab.

    Daqui 3 anos o PTralha vai dizer que a idéia foram deles e nuncantesnaestóriadeztepaíz São Paulo teve ônibus antes do PTralha tomar o poder.

  5. Maurício Gonçalves Santos // 3 de maio de 2013 às 14:18 // Responder

    Engraçado que mais uma vez o corredor Celso Garcia ficou para trás, moradores que utilizam as linhas que circulam na Av. Marechal Tito / Av. São Miguel / Av. Amador B. da Veiga / Av. Celso Garcia ficarão reféns de trânsito, falta de respeito da faixa exclusiva dos ônibus, e super lotações, mesmo com a chegada dos BRT´s, mesmo com a inclusão de linhas expressas, o trânsito não alivia, só piora com o aumento de carros de passeio, mas por conta do Itaquerão, toda a atenção está voltada para uma única região, que a região necessita isto todos sabem, mas fazer um planejamento de onde existe uma grande demanda é considerável

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: