Zona Leste de SP tem mais uma faixa de ônibus no pico

ônibus

Ônibus na Avenida Mateo Bei. Região vai receber 7,8 km de faixas exclusivas para ônibus que serão implantadas nos horários de pico. Com o sistema, agora passa para 124 quilômetros o total de faixas que funcionam apenas nos horários de maior movimento. Foto: ViaTrolebus.

Zona Leste recebe mais 7,8 km de faixas de ônibus nesta segunda-feira
Espaços só vão funcionar em horário de pico e motorista que invadir a faixa será multado. Com a implantação, a cidade tem agora 124 quilômetros de faixas que operam nos horários de maior movimento
ADAMO BAZANI – CBN
Motoristas de carros particulares e passageiros do transporte público na zona Leste de São Paulo devem estar atentos para a criação de novas faixas exclusivas para ônibus na região.
Nesta segunda-feira começam a funcionar 7,8 quilômetros de faixas no corredor das Avenidas Mateo Bei e Rio das Pedras, entre São Mateus e Aricanduva.
As faixas foram implantadas entre a praça Felisberto Soares e a Avenida João 23, perto do Terminal Carrão.
O espaço só para ônibus funciona de segunda à sexta-feira, sempre ao lado direito das vias, nos seguintes horários:
Das 06 da manhã às 09 da manhã no sentido Cento e das 05 da tarde às 08 da noite no sentido Bairro.
Quem invadir as faixas será multado em R$ 53,20 com três pontos negativos na carteira nacional de habilitação.
De acordo com a SPTrans – São Paulo Transportes, gerenciadora do sistema em São Paulo, pelo local passam 33 linhas de ônibus, que atendem a 313 mil passageiros em dias de semana.
Com a implantação do sistema neste corredor da Mateo Bei e Rio das Pedras sobe para 124 quilômetros o total de faixas que operam apenas nos horários de pico.
ZONA NORTE:
Também será implantada uma faixa na zona Norte de São Paulo.
Será na Avenida Engenheiro Caetano Álvares, em ambos os sentidos, entre a Rua Domingos Torres e a Rua Zilda. As intervenções valerão de segunda à sexta-feira, em uma extensão de 2,8 km. A ativação da faixa exclusiva terá início a partir desta segunda-feira

No período da manhã, das 6h00 às 9h00, a faixa funcionará à direita, no sentido Centro; e, no período da tarde, das 17h00 às 20h00, também à direita, no sentido Bairro.

Pelo Avenida Engenheiro Caetano Álvares circulam sete linhas de ônibus, com uma frequência de 71 ônibus/hora pico transportando, aproximadamente, 63 mil passageiros em um dia útil.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

4 comentários em Zona Leste de SP tem mais uma faixa de ônibus no pico

  1. Espero que os motoristas respeitem a faixa exclusiva, pois andar de ônibus na Mateu Bei e Rio das Pedras é uma boa experiência para quem tem pouca paciência.

  2. Amigos, boa noite

    Como diz o ditado:

    Quem não tem cão caça com gato.

    Demorô mas a SPTrans se rendeu as sugestões do Paulo Gil e aprendeu a fazer corredor a lá
    Paulo Gil, faixas brancas, tachões e sinalização só.

    Não se compara a um corredor de verdade, mas se não for nessa técnica, sabe quando teremos
    150 Km de corredores para o Buzão em Sampa; NUNCA.

    É isso ai, mais vale um faixa de Buzão a lá Paulo Gil, do que 150 Km de corredor high tech, que serão planejados, pensados, licitados, discutidos e “patati” “bororó” e na real nem 1 Km pronto.

    Pelo menos assim rapidinho já tem um ganho de qualidade imediata para os passageiros.

    Já sugeri, mas parece que ainda estão p l a n e j a n d o , e s t u d a n d o, a v a l i a n d o, p e n s a n d o, r e f l e t i n d o, eeeeeeeeeeeeeeeeeeee nada, até agora.

    Na Corifeu de Azevedo Marques dá para fazer uma faixa de Buzão a lá Paulo Gil de ponta a ponta, a qual
    poderá inclusive ser utilizado pelos intermunicipais da EMTOSA e fretados VIP´s.

    Moleza né, já dei a sugestão, basta pensar “fora da caixinha” e largar “o luto da CMTC”.

    Pau na máquina, digo nas faixas do Buzão a lá Paulo Gil.

    Att,

    Paulo Gil

  3. e verdade que a garagem da novo horizonte foi comprada pelo consorcio plus?

  4. Mario Carlos de Freitas // 21 de novembro de 2013 às 13:36 // Responder

    Lógico que não gostei dessas faixas, mas acho que devemos, pelo menos, contribuir para que o resultado aconteça. Se não der certo, voltamos a criticar. Quanto aos lojistas que hoje promoveram uma passeata na Mateo Bei, causando um caos, estão errados. A “maioria” de seus clientes vão a Mateo Bei a pé e não de carro. Faltam estacionamentos nas ruas próximas da avenida, e os que existem, cobram muito caro. Quem gosta de usar carro, aproveite a oportunidade para um bom exercício… ou experimente andar de busão. ( é ótimo também ) As lojas, estão querendo jogar prejuizos das baixas vendas ao corredor de ônibus, quando na verdade o problema é bem outro. Preços!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: