Pintura da Itapemirim é para comemorar 60 anos da empresa


Ônibus relembram pintura tradicional da Itapemirim em comemoração aos 60 anos da empresa

Ônibus relembram pintura tradicional da Itapemirim em comemoração aos 60 anos da empresa

Ônibus relembram pintura tradicional da Itapemirim em comemoração aos 60 anos da empresa

Ônibus relembram pintura tradicional da Itapemirim em comemoração aos 60 anos da empresa

Itapemirim comemora 60 anos e ônibus rodam com pintura ‘retrô’

Para marcar seus 60 anos de fundação, comemorados este ano, a Viação Itapemirim resolveu marcar a data, voltando no tempo.

Uma parte de sua frota começa a rodar, a partir desta semana, com uma nova pintura que reproduz em detalhes os modelos antigos de maior sucesso da empresa.

Com reprodução de uma carroceria de 1966 e design arrojado para a época, o ônibus rodava na BR-101, entre Rio de Janeiro e Vitória, então recém-asfaltada.

“O projeto prevê que sejam reproduzidos outros modelos, que mostrem os ônibus de décadas passadas e que irão rodar pelo Brasil”, explica Delamar da Cruz, gestor de Comunicação da Itapemirim. “Esses mesmos modelos estão sendo recriados em miniatura para colecionadores, com o apoio de busólogos, como forma de recontar a história da Viação e marcar esta data tão importante para a empresa e seus clientes”.

Entre os próximos modelos a serem reproduzidos estão os clássicos Ciferal, Tribus (o primeiro ônibus de três eixos fabricado no país e de grande repercussão quando de seu lançamento na década de 1980 por revolucionar o transporte brasileiro) e o Rodonave (serviço leito de muito sucesso entre os clientes até hoje).
Assessoria de Imprensa Itapemirim.

17 comentários em Pintura da Itapemirim é para comemorar 60 anos da empresa

  1. Sergio Santo André // 17 de abril de 2013 às 18:47 // Responder

    Tenho que tirar o chapéu para a Itapemirim por resgatar uma pintura que marcou época na empresa, ou por que não, marca até hoje. A pintura retrata o que seria a asa de um avião, para demonstrar “velocidade” nas viagens. Uma coisa entre essa pintura e a atual é que a empresa deveria ter mantido sempre o nome da empresa em destaque, o que não ocorre atualmente, pois apesar de já ser uma empresa tradicional no transporte de passageiros, não deveria diminiur nunca o valor da sua logomarca.

  2. Amigos, boa noite

    Que maravilha ler uma matéria só do Buzão, essa dá gosto de ler.

    Como apaixonado pelo Buzão agradeço a homenagem feita pela Itapemirim.

    PARABÉNS ITAPEMIRIM !

    Outro PARABÉNS, especial ao Sr. Camilo Colla e a todos os pilotos da Itapemirim que
    rodam pelo Brasil a fora.

    A expressão “RODONAVE”, não devia nunca ter sido suprimida, pois à época aqueles Ciferais, que faziam (se não me engano) São Paulo- Vitória e tinham pintado na carroceria “RODONAVE”, combinava muito bem com o modelo, afinal RODONAVE, era realmente o que representava aquele Ciferal longo O-326 ou O-355.

    Eram lindos mesmo e a expressão marcou no Buzão, como a rodomoça, a aeromoça do Buzão.

    Infelizmente tenho de observar, faltou o número do carro na lateral do teto, como tinha no O-326 e sem contar também que esse O 326 com farol quadrado é um charme.

    Mais uma vez ITAPEMIRIM, obrigado pela homenagem, foi um presentão vocês lembrarem dos apaixonados pelo Buzão; agora fiquei mais apaixonado ainda pelo BUZÃO.

    Uma sugestão: façam um bolo enorme no formato de um Buzão.

    PARABÉNS E SUCESSO SEMPRE !

    Att,

    Paulo Gil

  3. Em tempo:

    Uma correção ao meu comentário.

    Não falta o número no teto não, agora achei o número na primeira foto.

    Falha minha, desculpem.

    Att,

    Paulo Gil

  4. Até onde sei, este modelo Marcopolo DD da foto pertence a uma empresa particular de turismo e foi envelopado com este design antigo da V. Itapemirim para comemorar seus 60 anos.
    Desconheço se os demais ônibus que serão envelopados também pertecem a empresas particulares como este da foto ou não.
    Independente disto, acho que deveriam envelopar um Double Decker mais atual/moderno como o Marcopolo DD Geração 7.
    Não entendi se os modelos a serem recriados e miniaturas são os modelos que receberão o envelopamento comemorativo ou se serão os modelos da época de cada design como por exemplo o Monobloco O326 do ano de 1966.
    Há informações de como estas miniaturas poderão ser adquiridas ?
    Sou colecionador e, alguém saberia me responder ?

    Att

    Mário Brian

    • Mário Brian, boa noite

      Também achei estranho utilizar um modelo antigo e não um G7.

      Acho que é para sobrar uma graninha para o bolo e para o guaraná.

      Ótimas observações e perguntas .

      Abçs,

      Paulo Gil

  5. O ônibus sendo próprio ou não, pra mim não faz diferença, o importante é a empresa passar a imagem de renovação com carros melhores, que os já batidos Tribus e Starbus O-400 que marcaram a época de ouro da empresa, mas que hoje acabam prejudicando a imagem dela perante os concorrentes. Além do fato de podermos viajar com a qualidade de atendimento da própria Itapemirim, que pra mim é um dos melhores, principalmente de seus motoristas, que na maioria das vezes são prestativos e atenciosos com nós clientes.

    • Maiza Moraes, boa noite

      Já que você falou em imagem, os pontos de parada na BR 101, estão muito ruins também e
      com preços caros.

      Embora a Itapemirim utilize essas paradas, não sei se ela vendeu tudo ou se terceirizou só os serviços.

      Se terceirizou precisa gerenciar melhor, pois em dezembro, as paradas que eu utilizei me decepcionaram, principalmente a da região de Campos no RJ.

      Os atendentes então, estão mais perdidos do que nunca, nem parecem que trabalham no local, totalmente desinformados, sem contar que nem emitir uma nota fiscal eles conseguiram, tamanha a bagunça com códigos e etc.

      Eu até ia mandar um e-mail para a Itapemirim, mas…

      Itapemirim, dá uma fiscalizada nessas paradas porque a coisa tá ruim, ou melhor
      retoma o controle ou muda de parada, poisseus passageiros estão muito mal servidos

      Nessas eu não paro nunca mais.

      Sds,

      Paulo Gil

  6. Interessante é q nos Tribus eles só vão colocar a pintura comemorativa mesmo, e será simples, pois aquelas tranqueiras operam até hoje… Quanto a esse G6 DD, ele pertence a qual empresa, alguém saberia dizer? Gostei da matéria Adamo.

  7. Que serviço esse ônibus esta operando? Climm, Golden? Rodonave? DreamBus?

  8. Carlos Guimarães Pereira // 20 de abril de 2013 às 01:23 // Responder

    Parabéns Itapemirim!
    Atualmente, morando em Ipatinga-M.G., recordo das viagens que realizei na infância, nos 0-355, 0-362,0-364, Caio, e enfim no Tribus… tudo perto dele, parece briquedo!
    Foi uma atitude exemplar, resgatar esta pintura.
    Acredito que as concorrentes de estrada, ficam com inveja, de uma empresa com tantos admiradores, e referencia no transporte de passageiros.
    Ass: Carlos Guimarães Ipatinga-M.G.

  9. parabens a itapemirim poe ter a pintura pois ela emuito bonita to louco pra um onibus desse passando aqui na br 101 no horarios nordeste quero em itabuna pois eu sou um ex foncionario motorista setor itabuna jose alves dos santos filho

  10. Amigos, boa noite

    É festa, então vale a pena ver de novo.

    Divirtam-se e Boaaaaaaaaaaaa Viagemmmmmmmmmmmmmmmmmmm …

    http://www.youtube.com/watch?v=nX_Wf9qqhk4

    http://www.youtube.com/watch?v=gkti4IDr7ko

    http://www.youtube.com/watch?v=h3xg8LuIhlU

    http://www.youtube.com/watch?v=5_IXDPtiZDc

    http://www.youtube.com/watch?v=QI-UUHI9XYY

    http://www.youtube.com/watch?annotation_id=annotation_978127&feature=iv&src_vid=QI-UUHI9XYY&v=NX89FAO4-P8

    Agradeço de coração ao autores que geraram as fotos e aos que editaram os vídeos e os socializaram na Internet, muito obrigado.

    Att,

    Paulo Gil

  11. Valtene Maria da Mota // 19 de junho de 2013 às 13:58 // Responder

    Sobre os pontos de apoio, realmente, tem alguns que estão uma porcaria, o melhor vindo do Rio pra Aracaju, pela BR 101 é o de Campos no Estado do Rio. Itagimirim, na Bahia, ta horrível, tem alguns que faltam até água pra escovar os dentes. Mais no que diz respeito a viagem, muito tranquila nas vezes em viajei. Esse ano já fiz 4 viagens pra o Rio, saindo de Aracaju, e vice-verça. .

  12. Valtene Maria da Mota // 19 de junho de 2013 às 14:12 // Responder

    Sobre os pontos de apoio, realmente, tem alguns que estão uma porcaria, o melhor vindo do Rio pra Aracaju, pela BR 101 é o de Campos no Estado do Rio. Itagimirim, na Bahia, ta horrível, tem alguns que faltam até água pra escovar os dentes. Mais no que diz respeito a viagem, muito tranquila nas vezes em que viajei. Esse ano já fiz 4 viagens pra o Rio, saindo de Aracaju, e vice-verça. .

  13. Eu aco esses marcopolo g7 feios demais,essas pinturas antigas casariam melhor em uma carroceria busscar vb elegance 360 ou 400,melhor mesmo seria voltar no tempo e poder andar novamente nesses onibus antigos,eu gostaria de andar novamente no Onibus Mercedes Bens 0355 viajei muito neles como era bom!!!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: