Licitação de terminais e corredores em São Paulo é suspensa

Obras que fazem parte do pacote da Operação Urbana da Vila Sônia deveriam ser licitadas neste dia 27 de dezembro, mas o processo foi suspenso por tempo indeterminado depois de manifestação do Ministério Público. A construção de quatro terminais de ônibus e 68,5 quilômetros de corredores vai ter de esperar manifestação da Justiça que está em recesso. Foto: Blog Meu Transporte

Licitação de terminais e corredores em São Paulo é suspensa
Pedido do Ministério Público afeta pelo menos quatro terminais de ônibus e 68,5 quilômetros de corredores de ônibus, apesar de contestar apenas uma obra
ADAMO BAZANI – CBN
(Com informações da Agência Estado)
A Prefeitura de São Paulo teve de suspender a licitação de 15 obras de mobilidade por interferência do Ministério Público Estadual.
O processo licitatório teria início neste dia 27 de dezembro, mas o Ministério Público alegando falta de consulta popular quis barrar a construção do Terminal Rodoviário Vila Sônia, na zona Oeste. As obras desagradam um grupo de moradores.
O promotor Maurício Ribeiro Lopes notificou a SPObras para não realizar a licitação antes da manifestação da Justiça, que está em recesso até o dia 07 de janeiro. Assim, a suspensão é por tempo indeterminado.
O problema é que além do Terminal de Vila Sônia, o pacote de intervenções que seria licitado inclui outras obras e por conta do caso pontual do terminal, todo pacote foi suspenso.
Entre as obras previstas estão as construções do Terminal Rodoviário de Parelheiros, Terminal Rodoviário Jardim Ângela e Terminal Rodoviário Itaquera. A suspensão também afeta a abertura de 68,5 quilômetros de corredores de ônibus.
Várias obras que de corredores exclusivos para ônibus que eram promessa do prefeito Gilberto Kassab e agora devem integrar o pacote de 150 quilômetros de corredores prometidos pelo prefeito eleito Fernando Haddad estão comprometidas com a determinação do Ministério Público.
Entre os corredores que estão atrasados se encontram 3,3 quilômetros na Avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, 17 quilômetros na Radial Leste, 14 quilômetros na Avenida Aricanduva, 2 quilômetros na Avenida Itaquera. Também estão previstas intervenções como interligações de corredores já existentes para linhas entre bairros e para aumentar a velocidade dos ônibus. Exemplo é o Binário Santo Amaro.
O pacote de obras ainda inclui um novo sistema viário de 12 quilômetros entre Capão Redondo (zona Sul) até a Vila Sônia (zona Oeste).
Apesar de o pedido do Ministério Público atrasar esta ação da prefeitura, o poder público deveria já ter aberto o processo de licitação antes e não previsto para o dia 27 de dezembro. Mesmo se houvesse intervenção do Ministério Público, haveria tempo de a justiça se manifestar antes do recesso.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

7 comentários em Licitação de terminais e corredores em São Paulo é suspensa

  1. O Terminal Pinheiros em nada tema ver com essa licitação, uma vez que ele já foi licitado há tempos. O outro terminal em questão que foi afetado com essa determinação é o Terminal Perus. Pinheiros não faz parte dessa licitação.

  2. Vai continuar a frescura de suspender…A condução ja vai aumentar e o Transporte a alguns passos pra melhorar um pouco tem essa?É brincadeira somos roubados aqui no Brasil,que VERGONHA.

  3. Amigos, Feliz Natal
    As obras que seriam licitadas na última semana de governo do atual prefeito de S.Paulo, em forma de pacote, parece mesmo um ato de falta de bom senso.
    É como que se estivesse tentando mostrar serviço sem realmente poder faze-lo.
    No caso especifico do Terminal Vila Sonia, seu projeto foi anterior a decisão do Governo Estadual de prolongar a linha 4 até o Taboão da Serra, que facilitará a chegada dos onibus Rodoviários ao Metro sem que tenham que entrar no transito urbano da Capital.
    Sobre o corredor Capão Redondo/Vila Sonia, tenho a opinião de que seu itinerário está incorreto, pois deveria deixar de passar pela Estrada do Campo Limpo (com inumeras desapropriações e eliminaçao dos estacionamentos dos pequenos comercios locais) e passar pelo espaço do problematico Corrego do Pirajussara (cujas residencias próximas as suas margens são atingidas por enchentes, cujas desapropriações seriam melhor recebidas pelos moradores) que teria a oportunidade de resolver diversos problemas de uma vez, tais como:
    a) Criar uma via realmente expressa
    b) Por ser divisa com o municipio Taboão da Serra, trazer também solução para o seu transporte coletivo.
    c) Manter o comercio local e demais espaços da Estrada do Campo Limpo.
    d) Juntar verbas dos municipios de São Paulo, Taboão da Serra, DAEE etc.
    e) Retificar o Rio resolvendo seus problema de vazão.
    Quanto aos demais itens do pacote acho que já deveriam ter sido licitado dentro o tempo em que esteve no cargo, a tempo de pelo menos haver iniciado as obras.

  4. Amigos
    Feliz 2013
    Nosso atual prefeito já fez algum pronunciamento sobre a área dos transportes coletivos em São Paulo – interrogação (quebrou minha tecla)
    Aguardo noticias
    abs

    • Já fez. Que vai ter de aumentar a tarifa em janeiro

      • Adamo e demais amigos
        Aumentar tarifas e TAXAS me lembra alguém (hi,hi,hi) do mesmo partido.
        Gostaria de ver realmente a capacidade de Governar criando alternativas aa elevação de tarifas, como melhorar o rendimento dos transportes, com linhas Tronco e alimentadas por Capilares de curta distância.
        Mas para isso haveria a necessidade de colocar um secretário de transporte que fosse “estudado” ou “estudioso” sobre o assunto, aproveitando as reduções dos impostos e outros incentivos criados pelo governo Federal, e juntando parcerias com o governo Estadual em suas linhas metroferroviárias mais EMTU.
        Sonho com este dia, mas sempre acordo com a triste realidade
        abs

  5. tem que aumentar o salario dos motoristas e cobradores e de todos envolvido no transporte coletivo, vai aqui a minha proposta de salario, motorista 3.500 e cobrador 2.100 7horas OBS: se o medico errar ele mata um paciente e se o motorista errar alem dele quantos morreriam vejam sò quanta responsabilidade tem motorista de onibus empresarios do transporte coletivo de mais valor aos seus profissionais somos nos que trazemos recursos e verdadeiras fortunas pra vcs nos somos de linha de frente, olhe pra quem te serve!!!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: