EMTU não descarta contratar outras empesas no ABC

eaosa

Serviços de ônibus intermunicipais no ABC são precários. Se empresas esvaziarem mais uma vez a licitação, companhias de outras regiões poderão ser contratadas. Grupo TRA

EMTU não descarta entregar transportes no ABC para outras empresas
Se companhias atuais não participarem de licitação em 2013, presidente da EMTU disse que órgão pode subdividir o ABC para viações de outras áreas
ADAMO BAZANI – CBN
O presidente da EMTU, Joaquim Lopes, apresentou em audiência pública nesta quarta-feira, dia 28 de novembro, os principais pontos da licitação para os serviços de ônibus intermunicipais do ABC Paulista, a chamada área 5.
Com sérios problemas como atrasos, ônibus quebrados e em mau estado e linhas desatualizadas, os serviços no ABC Paulista são os únicos da grande São Paulo que nãom foram licitados. As outras quatro áreas passaram por processo de licitação e tiveram melhorias, como linhas condizentes com as atuais necessidades de origem e destino, ônibus novos e acessíveis e operações mais organizadas, inclusive com a formação de consórcios entre as empresas.
Os principais pontos da licitação do ABC, que terá apenas um contrato de permissão válido até 2016, quando todas as outras áreas devem ser licitadas novamente, são mais flexíveis em relação às demais cidades da Grande São Paulo.
A idade máxima da frota pode ser de 10 anos para ônibus convencionais e de 12 anos para articulados. O Governo do Estado deve ceder os equipamentos de GPS para instalação nos ônibus.
Mesmo assim, os empresários da região que impedem o certame desde 2006, não se agradaram das propostas e dizem que apesar das regras mais flexíveis, os investimentos para renovação de frota serão altos para um contrato curto.
Hoje a média de idade dos ônibus intermunicipais da região é de 9,54 anos (média, já que há ônibus com mais de 20 anos circulando)
Se a licitação não for alvo de boicote de novo, o sistema renovado entraria em operação em 2014 e valeria até 2016.
No entanto, desta vez, Joaquim Lopes disse que se as empresas esvaziarem o certame como das vezes anteriores, viações das outras quatro áreas podem ser contratadas por aditivos de seis meses.
“Até 2014, a situação será regularizada, com plano A ou B” – prometeu.
Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

13 comentários em EMTU não descarta contratar outras empesas no ABC

  1. Tô pagando pra ver!

  2. Olha….se a emtu tivesse bala na agulha como a artesp teve na regional….diria que mudaria….a artesp esperou a regional dar uma pisada em falsa e agiu, derrubou a liminar e a piracicabana entrou….vamos ver essa novela emtu area 5 parte 5

  3. Assim como o amigo Bento disse também estou pagando pra ver a EMTU tomar uma atitude em relação ao ologopolio Baltazar.

  4. A Eaosa e São Camilo são uma das piores mesmo,mas além da licitação empresas que ja são boas como a publix tem que ser reforçada a frota pois tem mto passageiros assim como em outras empresas!!!

  5. Esse papo de contratar empresas de outras áreas é balela da EMTU. Todo mundo sabe que a EMTU se CAGA de medo do Ronan e do Baltazar. Eles estão fazendo este teatrinho somente para quando tudo se resolver, poderem dizer “vejam, nossa postura ‘firme’ deu certo”.

    Faça me o favor. Se a EMTU fosse uma gerenciadora realmente responsável, essa licitação já tinha sido concluída junto com as outras. Essa enrolação é seu atestado máximo de incompetência.

    Outra coisa é destacar é a postura das empresa daqui. Ridícula! Mesmo com toda esta mamata que a EMTU está oferecendo, ainda vem reclamar de investimentos altos. Porque não consideram os investimentos que NÃO foram feitos todos estes anos, e que de certo rechearam seus bolsos as custas do descaso com a população do ABC.

    Os caras operam com carros fabricados em 1997, 1995, 1991 e até 1988 (quase 25 anos), e vem querer falar de investimentos? Se fossemos colocar as contas na ponta do lápis, eles deveriam trocar a frota inteira por carros 0Km sem nem reclamar.

    Simplesmente patético esse papel da EMTU, que só faz valer o seu novo apelido: EMTUlho

    • Sérgio Santo André // 29 de novembro de 2012 às 18:35 // Responder

      Cidadão, concordo em tudo que vc expôs, mas discordo de uma coisa, incompetência acho que não…vc acha que para a situação dos transportes no ABC estar nessa situação lamentável não correu a “mala preta” ??? Pois é, eles são é muito espertinhos !!! Impossível alguém passar todos carros do Baltazar em uma vistoria, fazendo só vista grossa, nesse mato com certeza tem coelho !!!!!!!!!!!

  6. Sérgio Santo André // 29 de novembro de 2012 às 18:37 // Responder

    Só mais uma, a EMTU deveria ter vergonha na cara em assumir que vistoriou os carros do seu Baltazar e que estavam em condições de rodar, tá dando muito na cara…

  7. os caras operam com onibus de 1988.meu amigo,se isso fosse aqui no Nordeste Brasileiro,estavam todos descendo o pau!como é em São Paulo,tudo pra debaixo do tapete.tirando esse Blogueiro(q de vez enquando dá umas escapadas de como se faz jornalismo),a imprensa paulista é omissa e irresponsável.não é possível q isso não tenha sido denunciado.mas tem gente q poupa esses caras irresponsaveis a qualquer custo.vai ser preciso um onibus velho desse atingir alguem do judiciario e imprensa para ai sim,tomarem alguma atitude?a EMTU-SP(nenhuma EMTU presta),tambem é omissa.desculpem a irritação,mas,nã dá pra ficar calado com tanta hipocrisia e burrice junto!

  8. esse FDP da EMTU morrem de medo do ronan e do balta se fossem homens convidariam o grupo do belarmino do constantino santa brigida radial e Julio simões queria ver se essa merda não melhorava manda esses desgraçados irem andar nos carros da E.A.O.S.A triangulo são camilo pra eles verem o que é bom …

  9. Amigos, bom dia.

    Independentemente da forma e como ocorre esse boicote e as considerações supra, principalmente de como os carros em más condições passam na vistoria da EMTU e quais são os responsáveis por tudo isso; é patente a inobservância do INTERESSE PÚBLICO, o qual é soberano.

    A Constituição Federal da República Federativa do Brasil de 1988, estabelece dentre outros:

    Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
    II – a cidadania;
    III – a dignidade da pessoa humana;

    Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e, também, ao seguinte:

    Art. 127. O Ministério Público é instituição permanente, essencial à função jurisdicional do Estado, incumbindo-lhe a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.

    Eu pergunto?

    O Ministério Público, já está auxiliando neste caso ?

    Caso negativo, sua atuação é imprescindível e urgente.

    Basta cumprir a Carta Magna e demais leis para resolver este probleminha básico, uma vez que a legislação prevê tudo.

    Att,

    Paulo Gil

  10. Eu procuro trabalho que eu possa trabalha em home office.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: