Mercedes capacita 200 mil motoristas

onibus

Não basta ter ônibus e caminhões modernos se os condutores não estiverem atualizados com os avanços tecnológicos. Desde quando começou a ministrar cursos, há 30 anos, a Mercedes Benz já capacitou 200 mil motoristas profissionais. Conhecimentos dos veículos e de técnicas de dirigibilidade podem reduzir acidentes, consumo de combustível e custo de manutenção. Foto: Adamo Bazani.

Mercedes Benz já capacitou 200 mil motoristas de ônibus e caminhão
Só neste ano serão seis mil profissionais. Objetivo é fazer com que o motorista aproveite melhor as inovações dos veículos e o aumento da segurança
ADAMO BAZANI – CBN
Não basta ter um equipamento bom. É necessário saber utilizá-lo corretamente.
O fato se aplica a diversos ramos, inclusive ao de transportes.
Boa parte de motoristas de ônibus e caminhoneiros não conseguem extrair o melhor dos veículos, tanto em desempenho, economia, ergonomia de trabalho e conforto, por falta de conhecimento dos detalhes operacionais ou mesmo quanto à dirigibilidade do modelo.
A capacitação de motoristas de ônibus e caminhões que já era importante, hoje torna-se obrigatória pelo desenvolvimento tecnológico dos veículos e pelo trânsito exigir cada vez mais perícia dos profissionais.
Por isso, que os investimentos em treinamento não partem apenas das empresas transportadoras, mas também das fabricantes.
A Mercedes Bens informou que começou os treinamentos constantes de profissionais do volante em 1982. Depois de 30 anos, segundo a marca, foram 200 mil motoristas capacitados pela empresa.
Só em 2012, ano que entrou em vigor uma nova tecnologia de redução de emissão de poluentes, serão capacitados 6 mil profissionais, segundo a Mercedes, o que representa que juntos os profissionais tiveram somente neste ano 140 mil horas de atividades teóricas e práticas.
O conhecimento adequado das funções dos veículos é essencial para ações que podem evitar acidentes ou minimizar seus efeitos, gerar economia e rentabilidade. Além do próprio bem estar do motorista, que precisa trabalhar com conforto.
TÉCNICAS DE OPERAÇÃO:
A Mercedes Benz oferece aos funcionários dos frotistas o curso “Técnicas de Operação”. São 8 horas de aula no módulo básico e 16 horas no avançado.
De acordo com a Mercedes Benz, após o curso, a direção do motorista se torna mais econômica, aumentando em 25% a autonomia do veículo, isto é, o ônibus ou caminhão andam mais e gastam menos.
O tempo de percurso dos veículos cai 20% e não é porque o motorista é ensinado a correr. Com o melhor aproveitamento do potencial do ônibus ou caminhão, há menos paradas desnecessárias, trancos, marchas engatadas de forma errada, etc.
Para um serviço de ônibus, que enfrenta trânsito, paradas em pontos e terminais e tem de cumprir horários rigorosos, os ganhos no tempo são essenciais.
Aliás, as trocas de marchas são alguns dos pontos que mais apresentam problemas para os motoristas. A Mercedes Benz informa que depois dos cursos, dependendo do trajeto, o total de troca de marchas pode ser reduzido em 50%, isso porque o tempo do motor é respeitado, havendo inclusive menos desgastes de peças e menores custos de manutenção.
O curso inicialmente se voltava para direção econômica, mas com as exigências do próprio mercado se tornou mais amplo. Hoje aborda dirigibilidade, segurança, conservação de peças e agregados, interpretação e uso das informações dos veículos, como dos computadores de bordo, aceleração, frenagem, tipo de combustível, sistemas de injeção e também a valorização ao meio ambiente, mostrando que o motorista pode ser essencial para a preservação da natureza pela conduta correta na profissão.
A Mercedes também distribui livretos com linguagem acessível para os motoristas com temas como Condução Econômica, Manutenção de Freios de Carretas, Manual de Ergonomia e Ginástica Laboral.
O Curso Técnico de Operação é realizado pelos profissionais da Mercedes nas próprias garagens de ônibus ou pátios de transportadoras de cargas. Já para os monitores, as aulas são nos Centro de Treinamentos Homologados em Campinas, interior de São Paulo, Porto Alegre e Recife.
MULTIPLICANDO O CONHECIMENTO:
Como nem sempre é possível levar todos os motoristas para os cursos, principalmente no caso de grandes frotas tanto de ônibus como de caminhões, a Mercedes mantém o Curso de Formação de Monitores, com duração de cinco dias.
Temas como motor, câmbio, suspensão, eixos e até técnicas de como realizar treinamentos fazem parte do curso. São realizadas filmagens com os alunos simulando aplicar treinamentos para avaliar o desempenho na disseminação de conhecimento.
Para ter acesso a este curso ,antes é necessário fazer o Curso Fundamental de Serviços feito nos Centros de Treinamentos Homologados.
Além disso, mantém parcerias com o Sest/Senat – Serviço Social do Transporte / Serviço Nacional de Aprendizagem no Transporte, em São Paulo, Minas Gerais, Distrito Federal, Santa Catarina, Espírito Santo e Paraná.
Também são minitrados cursos com veículos da marca na Universidade do Caminhoneiro em São Paulo, Campinas, Ponta Grossa, Florianópolis, Brasília e Cariacica.
Adamo Bazani, jornalista da Radio CBN, especializado em transportes

1 comentário em Mercedes capacita 200 mil motoristas

  1. Amigos, bom dia

    Gostaria de saber quantos dos motoristas do Buzão de Sampa fizeram
    este curso de capacitação.

    Na prática observa-se que uma grande maioria não fez ou não está aplicando
    este aprendizado na prática.[Deixo bem claro que não estou generalizando]

    Em Sampa temos aproximadamente 15.000 Buzões urbanos e logicamente no mínimo 15.000 motoristas.

    Mercedes, se possível, desenvolvam um projeto dedicado a Sampa.

    SPTrans, que tal fazer uma parceria com a Mercedes Benz ?

    Att,

    Paulo Gil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: