Marcos Valério diz que Ronan Maria Pinto cobrou do PT para não envolver Lula na morte de Celso Daniel

Celso Daniel

Marcos Valério, condenado no esquema do Mensalão, disse que o empresário de ônibus de Santo André, Ronan Maria Pinto (foto ao fundo) cobrou da cúpula do PT para não envolver o nome de Luís Inácio Lula da Silva no episódio que teria motivado o assassinato do Prefeito de Santo André, Celso Daniel. A revelação foi feita pela revista “Veja”.

Ronan Maria Pinto teria pedido dinheiro para não revelar envolvimento de Lula no caso Celso Daniel
Denúncia é do empresário e publicitário Marcos Valério, condenado a 40 anos de prisão por operar o esquema do Mensalão. Revelação foi trazida pela Revista Veja
ADAMO BAZANI – CBN
Condenado a 40 anos de prisão por ser operador do maior esquema de corrupção da história do País, o Mensalão, coordenado pelo PT (Partido dos Trabalhadores), o publicitário e empresário Marcos Valério disse que o dono de empresas de ônibus em Santo André, Ronan Maria Pinto, pediu e recebeu dinheiro da cúpula do partido para não relacionar o ex-presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, ao assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel, em 18 de janeiro de 2002.
A revelação foi feita pela revista “Veja” desta semana.
Ronan Maria Pinto, segundo a reportagem, se reuniu no início do primeiro mandato de Lula, nos primeiros meses de 2003, com o então secretário-geral do PT, Silvio Pereira, e com Marcos Valério. De acordo com Valério, Ronan queria dinheiro para não envolver o então chefe de gabinete da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e Lula no episódio de corrupção que teria motivado o assassinato de Celso Daniel.
Marcos Valério, que teria sido chamado pela cúpula do PT para ser intermediador no relacionamento com o dono de empresas de ônibus, disse que não quis se envolver na captação do dinheiro, mas que Ronan acabou recebendo.
“Marcos Valério afirma que, apesar do apelo que recebeu de Silvio Pereira, preferiu não participar da operação. Embora negue que tenha conseguido o dinheiro, Valério diz que, no fim das contas, Ronan foi atendido” – de acordo com texto da reportagem.
“Ele (Marcos Valério) garante que sabe quem pagou, e principalmente como foi a guerra para acertar as contas com o empresário (Ronan Maria Pinto). O pagamento, afirma, foi feito por um amigo pessoal de Lula” – continua a Revista.
Marcos Valério diz que este pagamento foi feito através de um banco que não faz parte do Mensalão.
Ainda de acordo com o a revista: “Gilberto Carvalho, fiel escudeiro de Lula, era um dos mais poderosos secretários da gestão de Celso Daniel. Ronan Maria Pinto era da cozinha do PT. Para o Ministério Público paulista, ele era um dos responsáveis pela coleta de propina entre empresários de Santo André e pela redistribuição de dinheiro a pessoas do partido. Esse mesmo esquema, esquadrinhado na esteira de Celso Daniel, também promoveu desvios milionários na prefeitura”.
Celso Daniel foi misteriosamente seqüestrado dois dias antes de o corpo ter sido encontrado em Juquitiba, na Grande São Paulo, quando estava com o amigo Sérgio Gomes da Silva, o Sombra. Sombra não foi levado pelos seqüestradores e as portas do carro blindado onde estava com Celso não estavam travadas. “Sombra teria armado a cena do crime. O amigo do prefeito integrava o esquema de corrupção juto com Ronan Maria Pinto, dono do maior jornal da cidade, de empresas de ônibus e de uma empresa de coleta de lixo”
Empresários de ônibus do ABC Paulista confirmaram a existência de esquema de propina na época de Celso Daniel e a ligação de Ronan com o caso.
Ronan Maria Pinto nega participação em qualquer suposto esquema e afirma inocência e que tem como prová-la.
Gilberto Carvalho, em nota enviada para “Veja” informou que “nunca teve conhecimento de qualquer ameaça ou chantagem feita diretamente por Ronan Maria Pinto, diretamente ou por terceiros”.
Ronan Maria Pinto teve uma empresa de lixo na época, a Rotedali, e desde 1984 é dono de empresas de ônibus em Santo André. Hoje possui a Viação Guaianazes e Viação Curuçá, no lote 01 do Consórcio União Santo André, ETURSA – Empresa de Transportes Urbanos Rodoviários de Santo André, do lote 04 do mesmo consórcio, uma empresa de ônibus em Indaiatuba, no Interior de São Paulo, e também é dono do jornal “Diário do Grande ABC”.
Marcos Valério disse que vai provar que Lula sabia do esquema do mensalão.
Assinam a reportagem de “Veja”: Rodrigo Rangel, Adriano Ceolin e Hugo Marques.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

30 comentários em Marcos Valério diz que Ronan Maria Pinto cobrou do PT para não envolver Lula na morte de Celso Daniel

  1. Não que seja impossível, mas a veja não é nem de longe uma fonte confiável

  2. golpe a vista vindo da elite de São Paulo!

  3. Josue Marcio Lopes // 3 de novembro de 2012 às 03:15 // Responder

    Inacreditavel. Quanto comentarista corneteiro. Preferem acreditar em quem? No Ronan? No Lula? No Gilberto Carvalho? Saos os mesmos que reclamam que o Pais e corrupto e por conviccoes pessoais tolas se queixam de uma noticia! E esse negocio de discurso contra a elite, comentaristas de blog, que rdiculo. Em nome de combate a elite ja se instaurou muitas ditaduras. Depois nao me venham reclamar do Lexandowiski se voces pensam igual com a diferenca que nao ganham nada para isso

  4. Elite de São Paulo?
    E o Lula e seus pares fazem parte de qual classe social?
    Com tanto dinheiro que arrecadaram nos ultimos anos eles ficaram mais ricos do que a elite que tanto combatiam.
    A elite agora são eles, os do PT…

  5. amigos
    pelo que eu entendi, por delação premiada, o MARCOS VALERIO fala sobre o assunto. Acho que a Justiça deve ouvir e confrontar provas punindo os verdadeiros culpados.
    E SE A FORMA de delação premiada FOR O MELHOR CAMINHO, que seja ampliada para todos os outros casos.
    Parabens Adamo pela coragem de postar
    abs

  6. Tem gente que prefere nao ver, e nem ouvir, quando se trata de Lula. Mas a verdade é que o óbvio é ululante. Não sei nos demais casos, mas quanto ao mensalão se Lula sabia é corrupto, ladrão, e se não sabia é um completo imbecil. A tempo: já fui lulista e petista. Hoje sou PSOL, mas sempre com um pé atrás. Vejam :..
    http://noticias.terra.com.br/brasil/interna/0,,OI558519-EI1194,00.html

    O cara acima tem razão. A elite financeira atual deste país está no PT. Enriqueceram estratosfericamente. Devem ter ganho todas as mega sena dos ultimos dez anos… rs

  7. Essa história de golpe da elite já tá enchendo o saco.
    Todos sbem que os petistas fazem parte da elite(não há nenhum trabalhador pé rapado no partido).
    Não duvido de nada da reportagem acima, há que se fazer um investigação isenta

  8. Tai mais uma “bomba jornalística” da revista Veja que pode de certo modo mudar os rumos de muitas coisas, porém é importante que haja de fato uma apuração dos fatos pela justiça e ministério público, pois a revista Veja não é a justiça brasileira ela é simplesmente uma midia informativa, a morte do Celso Daniel foi algo que mexeu com as estruturas do próprio PT, pois ele seria uma pessoa importantíssima na coordenação da campanha do Lula. Vamos aguardar e ver no que isso vai dar, e espero que a justiça faça sua parte .

  9. Marcha da Família Com Deus Pela Decência

  10. Nunca confiei neste ”lula” … é uma pena que ele faça os brasileiros serem suas marionetes, que as pessoas se deixem manipular por ele, em troca de favores.
    Basta falar umas verdades sobre o tal do ”lula” que vem os comentaristas defender ele com unhas e dentes.
    Pelo menos este Blog tem Coragem … não tem rabo preso com políticos. Continue assim !

  11. Valério é uma Metralhadora giratória depois da condenação e a revista Veja é um instrumento do que é mais reacionário neste país, mas cabe sim averiguar o relato do Sr. Valério. Ronan é simplesmente dono da cidade, um ser arrogante, rico, poderoso e intocável, a cúpula petista à época nefasta. Só resta saber quem terá peito de dar continuidade as denúncias. E aí Grana e “nova” bancada de vereadores? Topam a parada?

  12. Não entendi?? Se o Lula estivesse sendo chantageado, iria contratar alguém que já prestava serviços para a oposição a fim de “negociar” este tipo de coisa..???? Santa ingenuidade Batman..

  13. Sérgio Santo André // 5 de novembro de 2012 às 12:38 // Responder

    A rapaziada que defende o senhor “molusco”, talvez não more em Santo André para estar descendo a lenha na “Veja”. Mas o pessoal daqui já conhece essa história desde quando o Prefeito Celso foi assassinado…Quer dizer, todo mundo envolvido em escândalos e o “poderoso chefão” não sabia de nada…claro….vamos mandar uma carta ao Papa Bento XVI pedindo a beatificação dele…

  14. Interessante lembrar do episódio do Waldemar Costa Neto do PL quando vendeu apoio ao PT e CONFESSOU essa conduta, salientando que estavam todos no apartamento, ou seja, Waldemar, Lula, Gilberto Carvalho, Zé Dirceu, Delúbio Soares e a vedete do assunto, o empresário José de Alencar que seria vice de Lula contra o pagamento de 10 milhões. Lula e Alencar ficaram na sala enquanto travavam a negociata no quarto..
    Haaaa, tadinho do molusco, não sabia de nada, enquanto compravam o apoio do PL e ele seria favorecido com um grande empresário junto ao seu nome ainda em xeque!
    Cada coisa que neguinho falar a favor de Lula, merece resposta a altura pra esmigalhar a mente deturpada dessa corrente de terrorista que já entregou a Petrobrás pra Venezuela, via Bolívia, e tem em marcha a revolução patrocinada por Fidel Castro, e tem seu braço latino com o Foro de São Paulo

  15. Gente, o Lula deixou de ser pobre quando se aposentou por invalidez por perder o dedinho! Ficou rico quando recebeu indenização pela perserguição política da ditadura e manteve seu padrão quando passou a ser beneficiado com pensão vitalícia de R$ 8000,00. Agora já se aposentou como presidente, ganhando no mínimo mais R$ 10.000,00. Então, se ele ainda é pobre…coitada de mim e dos pobres desse país!! KKK

    O delegado que investigava o caso do Celso Daniel foi afastado logo no começõ quando começou a apontar possível participação de membros do PT.
    O que há de político no caso Celso Daniel
    42

    O prefeito assassinado de Santo André, Celso Daniel

    Na quinta-feira, o Ministério Público de São Paulo conseguiu, no Fórum de Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, condenar mais três pessoas envolvidas no assassinato, ocorrido em 2002, de Celso Daniel (PT), então prefeito de Santo André. Ao condenar os três, o MP acredita ter reforçado a tese segundo a qual há conotações políticas por trás do crime. A existência, bem como a extensão e a profundidade deste pano de fundo político, entretanto, continuam envoltas em muito mistério e dúvidas.

    Na acusação apresentada em Itapecerica, o promotor Márcio Augusto Friggi de Carvalho fez uma analogia sobre o crime que ajuda a explicar como foi organizado o plano de assassinar Celso Daniel. Segundo ele, o crime tinha uma “cabeça”, Sergio Gomes da Silva, o “Sombra”, segurança de Daniel que até hoje aguarda julgamento em liberdade. O “tronco” da organização era Dionísio Aquino Severo, ex-segurança do segurança Sombra e que foi resgatado (de helicóptero) de um presídio em Guarulhos antes do crime. Os “membros” eram uma quadrilha da favela Pantanal, em São Bernardo do Campo, também na Grande São Paulo. Um desses membros, Marcos Bispo dos Santos, foi condenado em 2010. Três, Ivan Rodrigues da Silva, José Edison da Silva e Rodolfo Rodrigo dos Santos, na quinta-feira. Outros dois, Itamar Messias da Silva e Elcyd Oliveira Brito, serão julgados dia 16.

    A conexão política da morte de Celso Daniel se dá por meio de Sombra. Segundo o Ministério Público, Sombra participava de um esquema de corrupção no setor de transportes de Santo André que envolvia também o empresário Ronan Maria Pinto, diretor-presidente do jornal Diário do Grande ABC, e Klinger Luiz de Oliveira Sousa, secretário municipal em Santo André na gestão de Daniel. Os três eram conhecidos como “três mosqueteiros”. O dinheiro desviado tinha, segundo o MP, pelo menos duas destinações. Uma delas seria a criação de caixa 2 para partidos políticos, entre eles o PT, partido de Daniel. Outra seria o benefício pessoal dos “três mosqueteiros”. Para o MP, ao descobrir essa segunda vertente de arrecadação, Celso Daniel teria se tornado alvo da quadrilha. “Quando ele descobriu que o dinheiro do esquema estava engordando o bolso dos participantes, não concordou. Queria voltar ao esquema inicial de caixa dois do PT”, disse o promotor Márcio Friggi.

    Na investigação inicial, a Polícia Civil concluiu que o assassinato fora um crime comum. A tese de crime político defendida pelo MP surgiu com base em depoimentos. A família de Daniel afirma ter ouvido de Gilberto Carvalho, então secretário na prefeitura de Santo André e atual secretário-geral da presidência, que malas de dinheiro (totalizando R$ 1,2 milhão) oriundo do esquema foram levadas para o então deputado federal José Dirceu (PT) para a campanha presidencial de Luiz Inácio Lula da Silva. Miriam Belchior, ex-mulher de Celso Daniel (e atual ministra do Planejamento), também teria confirmado a versão, segundo a família do prefeito. A cúpula do PT nega de forma veemente essa versão.

    Leia mais:
    O Brasil de Celso Daniel ainda é o mesmo de 2002
    Três são condenados pela morte de Celso Daniel

    Nas investigações que fez para desvendar o crime, o MP não conseguiu descobrir a existência de algo acima da “cabeça” da organização, o Sombra. Se descobrisse algum envolvimento de gente do PT no esquema, esse fato abalaria a República. Não simplesmente por conta do esquema de corrupção – que atualmente é alvo de processo no Fórum de Santo André – mas porque ele teria gerado a morte de Celso Daniel e de sete outras pessoas relacionadas ao crime como testemunhas ou envolvidos. Foram assassinados, entre outros, Dionísio Severo, o “tronco” da organização; um garçom que dizia ter testemunhado encontros entre Daniel e “os três mosqueteiros”, nos quais Sombra, Ronan e Klinger trocavam grandes quantidades de dinheiro; e até o agente funerário que descobriu o corpo de Celso Daniel em uma estrada de terra em Juquitiba. O que comprometeu o PT é o que a família de Celso Daniel chama de tentativa de abafar o caso. Na quinta-feira, durante o julgamento de três dos acusados, Bruno, irmão de Celso Daniel, criticou o então deputado federal Luiz Eduardo Greenhalgh, do PT, e o então deputado estadual Jamil Murad, do PCdoB. Os dois, de acordo com Bruno, disseram à família que o prefeito não havia sido torturado. Laudos necroscópicos, entretanto, comprovam a tortura. O que livra partidos políticos de envolvimento direto no crime é uma constatação simples. No emaranhado de provas obtidas pela Polícia Civil e pelo MP, há um assassinato e um esquema de corrupção, interligados, segundo o MP, apenas por Sombra. Klinger e Ronan, este acusado de envolvimento no assassinato pelo advogado Calixto Antônio Júnior, não são réus no processo. Salvo um fato novo, as coisas ficarão desta forma.

    Em fevereiro, durante entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, Bruno, o irmão de Celso Daniel, afirmou que o esquema de caixa 2 para financiamento de campanhas não abastecia apenas o PT, mas também outros partidos. Na quinta-feira, durante o julgamento, Bruno disse que o objetivo de sua família não se restringia apenas a procurar justiça para os assassinos de Celso Daniel. Eles desejam, também, que o caso sirva de exemplo “para mudar a forma como se faz política no Brasil”. A cruzada da família do prefeito é contra um mal maior. É, sem dúvida, uma luta fundamental para o Brasil, mas uma para a qual há pouca esperança.

  16. eu fico impressionado como a imprensa faz a cabeça das pessoas.a Veja(de quem voces endeusam),fez de tudo para tumulturar(e acabar)o ENEM desse ano.dizendo q as provas foram canceladas.ferrou com 65 pessoas q”foram na onda”.mas esse tipo de gente maloqueira,está se revelando e pena q boa parte dessa sociedade,va junto.triste do pais q tem uma”imprensa”feito essa q deforma o cidadão!

    • Engraçado, o lula e o PT fazem a sua cabeça e voce aceita, moleque, sei lá se é moleque ou se já é crescido, se for crescido, burro velho é pior ainda… A imprensa que ”deforma” o cidadão não tem rabo preso com o PT e voce é apenas mais um trouxa que defende este bandido chamado lula !!

  17. Fico pasmo quando vejo que ainda tem gente que acredita que Lula está do lado dos pobres. Pobres coitados em acreditar em aquele que tem seu nome cada vez mais evidente nos esquemas de corrupção, que andou (e ainda anda) ao lado de José Dirceu, José Genoíno, Marcos Valério, que conta com apoio político de José Sarney, Fernando Collor, Renan Calheiros e Paulo Maluf, que está envolvido em esquemas com pessoas de conduta sombria como Ronan Maria Pinto […] Bom ainda preciso dizer mais alguma coisa? Eu gostaria de saber se essas pessoas já se perguntaram o por quê nosso país se encontra em uma situação econômica crítica em crise, Real cada vez mais desvalorizado e os índices de desemprego estão cada vez maiores, os altos impostos, o rombo nas contas públicas, que sempre falam em crise mundial como desculpa e que para sair do vermelho precisam voltar com a tal CPMF, os benefícios como Prouni e Fies ficando mais difícil de ter acesso e ainda os muitos estudantes que tiveram que interromper os estudos no ensino superior porque perderam o beneficio. Hein? Tá aí um dos motivos do porque o nosso país não sai dessa corrupção, pois nas urnas fazemos tudo errado sim ou não? Nem vou falar aqui sobre a Veja porque tudo isso que falei já é o suficiente para refletirmos um pouco. Desculpe Adamo pelo desabafo, mas o problema da falta de visão e perspicácia e esses esquemas de corrupção que vão aparecendo um atrás do outro é de deixar qualquer brasileiro que tenha bom senso indignado. Parabenizo sua cobertura aqui no blog, como sempre de qualidade e acredito na credibilidade das notícias trazidas aqui.

  18. EU ENTENDO COMO ELITE AQUILO QUE TEMOS DE MELHOR…NESSE ASPECTO O CANALHA LULA E SUA CORJA NÃO PODEM SER DA ELITE….A ELITE PERTENCE A UM SELETO GRUPO DE BRASILEIROS QUE PAGAM REGULARMENTE IMPOSTOS, TRABALHAM HONESTAMENTE, NÃO MENTEM, NÃO PRATICAM NENHUMA ESPÉCIE DE MAL FEITO, AJUDAM OS REALMENTE NECESSITADOS….ENFIM, NA ELITE SÓ PESSOAS DE BEM E DE MORAL ILIBADA, NESSA VISÃO, REPITO, PARTICULAR MINHA, ENTENDO QUE O LULA E SEUS DEFENSORES NÃO SÃO DA ELITE MAS SIM DA ESCÓRIA ..

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: