São Paulo pode ter Greve do Metrô na quarta-feira

NÃO VAI TER MAIS GREVE DO METRÔ. AS OPERAÇÕES VÃO SER NORMAIS NESTA QUARTA-FEIRA.

CLIQUE SOBRE O LOGOTIPO BLOG PONTO DE ÔNIBUS OU RECORTE E COLE NO NAVEGADOR ESTE LINK:

NÃO VAI TER GREVE DE METRÔ EM SÃO PAULO:
http://blogpontodeonibus.wordpress.com/2012/10/23/nao-vai-ter-greve-do-metro-em-sao-paulo/

Greve do Metrô

Passageiro do Metrô em São Paulo deve estar atento. Por Participação nos Lucros e Resultados maior para quem ganha menos e redução de jornada de trabalho para 36 horas semanais, metroviários prometem cruzar os braços. Categoria já entrou em greve em maio deste ano, naquela ocasião, por salários maiores.

Metroviários ameaçam greve em São Paulo na quarta-feira
Categoria pede Participação nos Lucros e Resultados além de jornada de trabalho de 36 horas semanais
ADAMO BAZANI – CBN
Quem depende de Metrô em São Paulo corre o risco de ficar sem os serviços nesta quarta-feira, dia 24 de outubro de 2012.
O Sindicato dos Metroviários da Capital Paulista ameaça parar as atividades da categoria.
A greve já foi anunciada há 20 dias, mas o TRT – Tribunal Regional do Trabalho – pediu um prazo para as negociações.
O Metrô deveria apresentar uma proposta até sexta-feira, dia 19 de outubro. Os metroviários disseram que não receberam nenhum posicionamento do Metrô.
Entre as reivindicações estão a melhoria da PRL – Participação dos Lucros e Resultados para os trabalhadores com salários menores e a redução da jornada de trabalho para 36 horas semanais.
Em maio deste ano, os metroviários em São Paulo já cruzaram os braços por aumento de salários.
O reajuste foi de 6,17%, sendo 4,15 %referentes ao IPC – Indice de Preços ao Consumidor da Fipe e 2,02% de ganhos reais.
INTEGRAÇÃO:
A partir desta segunda-feira, dia 22 de outubro, passageiros do metrô e dos trens da CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos – vão poder fazer integração gratuita entre as linhas 11 (Coral), 12 (Safira), dos trens e a linha 3 Vermelha do Metrô nas estações Tatuapé e Corinthians – Itaquera.
No entanto, a transferência gratuita só será possível de segunda a sexta-feira das 11 horas às 15 horas e depois das 21 horas. Aos sábados após às 14 horas e aos domingos durante todo o dia.
Fora destes horários, o passageiro continua pagando dois bilhetes.
O objetivo do Governo do Estado de São Paulo é distribuir a demanda e aliviar a concentração de pessoas, especialmente na estação Brás nos horários de pico.
Atualmente, que está nas linhas da CPTM 11 (Expresso Leste / Luz – Estudantes – Mogi das Cruzes) e 12 (Brás – Calmon Viana) e precisa usar a linha 3 do Metrô e encontra-se na região de Itaquera, precisa se deslocar até o Brás para fazer baldeação.
O Governo do Estado estuda ampliar os horários de baldeação nas estações Tatuapé e Corinthians – Itaquera.
Atualmente são possíveis transferências gratuitas entre trens e metrô em seis estações: Pinheiros, Tamanduateí, Santo Amaro, Brás, Luz e Barra Funda.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

9 comentários em São Paulo pode ter Greve do Metrô na quarta-feira

  1. Greve totalmente desnecessária, fora de hora e sem sentido. Marcada para a véspera do 2o. turno. Não precisa falar mais nada.

    • glauber , Serra já perdeu amigo…isso não vai mudar nada.

      • Concordo APJ, e nem é este o caso, de A ou B ganharem, nem estou defendendo A ou acusando B. Isto é apenas uma constatação, e o problema maior é que todo ano de eleição isto acontece. E é a gente que sempre paga o pato, como o amigo Marcos (abaixo) está dizendo.

  2. Seja essa greve por motivos eleitoreiros ou não, quem paga o pato é a população não é? E aí tanto faz eleitores de Serra, do Haddad, ou quem quer que seja, fica muitas vezes sem alternativas de locomoção.

  3. Amigos, boa noite

    É bom avisar o pessoal que a Linha 4 Amarela, já opera com o Sistema “Driver less”; ou
    seja, sem operadores.

    Greve política ? Coisa do passado.

    Rever conceitos é sinal de inteligência.

    Já pensaram na greve dos passageiros ?

    “Um dia é do caçador o outro é da caça”.

    Sds,

    Paulo Gil

  4. acho tambem que quem sempre paga e a populaçao deveriamos fazer uma greve tbm , vamos ver se eles tbm nao sentiriam a nossa FALTA.

  5. Glauber concordo com algumas coisas e descordo de outras…ando de metro todos os dias e vou ser lesado como todos, masesta greve esta marcada a 20 dias então não é porque é segundo turno na minha opinião, e tem outra até onde eu vi nesses jornais entregues pelo metrô, o sindicato deles ofereceu não parar e trabalhar normalmente, só que com as catracas livres, para que não desfavorece-se os usuários e sim ao próprio metrô em termos de renda, e foi recusada para que aconteça isso mesmo, jogar a população contra eles, agora te pergunto pq então não abrem as catracas já que a culpa é dos trabalhadores?

    SDS,
    Araujo

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: