Greve em Maceió pode chegar ao fim

onibus

Ônibus em Maceió. Em reunião no TRT, empresas propuseram aumento sobre os salários de agosto até o julgamento do dissídio coletivo. Se os trabalhadores aceitarem a solução, mesmo que paliativa, greve pode terminar ainda hoje.

Greve em Maceió pode chegar ao fim
Empresas propuseram aumento de 5% nos salários de agosto até que o dissídio coletivo seja julgado
ADAMO BAZANI – CBN
A greve de motoristas e cobradores de ônibus em Maceió, que desde segunda-feira prejudica diariamente 300 mil pessoas, pode chegar a um fim na tarde desta quarta-feira.
Empresários de ônibus e sindicalistas se reuniram na manhã de hoje em audiência de conciliação mediada pelo presidente do TRT/AL – Tribunal Regional do Trabalho de Alagoas, desembargador Severino Rodrigues, e tentaram colocar fim ao impasse.
Como medida paliativa, as empresas ofereceram reajuste de 5% nos salários da categoria referentes a este mês de agosto. É uma forma de atender parte das reivindicações dos trabalhadores, segundo as empresas de ônibus, até o julgamento do dissídio coletivo que deve ocorrer em 30 de agosto.
A proposta deve ser apresentada numa assembléia entre os trabalhadores que vai ser realizada na tarde de hoje.
A categoria aceitou proposta anterior do Ministério Público do Trabalho de aumento de 7,5% nos salários, 15% nos planos de saúde e 2,5% no ticket – alimentação.
As empresas dizem que não possuem condições de pagar os aumentos por causa da redução nas tarifas de R$ 2,30 para R$ 2,10.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: