Novos protestos de motoristas de vans do Rio de Janeiro estão descartados até dia 24

vans

Vans pararam o Rio de Janeiro nesta quarta-feira em protesto dos donos de veículos que querem uma licitação para regulamentar o sistema, uso do Bilhete Único nos veículos e permissão para trafegar nos corredores de ônibus. Até sexta-feira que vem, quando a prefeitura deve apresentar novas propostas, outras manifestações estão descartadas. Foto O Globo

Motoristas de vans do Rio de Janeiro descartam novos protestos até sexta-feira que vem
Categoria se reuniu com o Secretário dos Transportes, Alexandre Sansão. Se propostas não agradarem não estão descartadas novas paralisações depois do dia 24 de agosto
ADAMO BAZANI – CBN
O Movimento em Defesa do Transporte Alternativo – MDTA, que se apresenta como representante dos motoristas e donos de vans do sistema do Rio de Janeiro, descartou novos protestos da categoria até pelo menos a próxima sexta-feira, dia 24 de agosto.
Na última quarta-feira, dia 15 de agosto, entre 2 mil e 3 mil vans seguiram em carreata nas principais ruas e avenidas do Maracanã até o Aterro do Flamengo, de onde os motoristas foram em passeata até a Cinelândia.
Os donos de vans querem que a Prefeitura regulamente os serviços por meio de uma licitação antes da realização das eleições municipais em outubro, sem privilégios às atuais cooperativas que circulam na cidade. Eles também pedem que nas vans seja possível aceitar o Bilhete Único e que os veículos de transporte alternativo circulem nos corredores exclusivos de ônibus.
Nesta quinta-feira, o secretário municipal dos transportes do Rio de Janeiro, Alexandre Sansão, recebeu os representantes do movimento e deve elaborar propostas para a categoria até a próxima sexta-feira, 24 de agosto.
Se as propostas não agradarem os donos de vans, não estão descartadas novas manifestações.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: