Vergonha: ônibus regulares andam iguais aos clandestinos

onibus

Perigo! Ônibus em Belo Horizonte e Região Metropolitana operam com pneus carecas, sem suspensão, amortecedores, freios em condições e com vazamentos, entre outros problemas. E não se trata de ônibus clandestinos, mas de empresas regulares que arrecadam para teoricamente prestarem um bom serviço. Em operação feita pelo DER entre Santa Luzia e Belo Horizonte, 48 ônibus foram retidos por não apresentarem condições de funcionamento. Foto: Leo Fontes / O Tempo

Ônibus em más condições: 48 veículos foram retidos com problemas que ameaçam segurança dos passageiros
Pneus carecas, falta de amortecedores e de suspensão e vazamento de óleo foram alguns dos problemas encontrados pelo DER

ADAMO BAZANI – CBN

Um verdadeiro risco à segurança de motoristas, passageiros e outras pessoas que circulam em ruas e estradas mineiras.
Foi isso que detectou o DER – Departamento de Estadas de Rodagem, de Minas Gerais, durante operação especial realizada em toda esta segunda-feira, no Centro-Sul de Belo Horizonte, voltada para os transportes por ônibus.
Pneus carecas, vazamento de óleo, portas que não fecham direito, falta de freio, de amortecedores e até de suspensão foram alguns dos problemas encontrados. E se engana quem pensa que estes veículos são clandestinos.
São ônibus operados por empresas regularizadas que atendem o sistema metropolitano.
Os trabalhos desta segunda-feira se concentraram na ligação entre Santa Luzia, na Grande BH, e a capital mineira.
Os elevadores para usuários com cadeira de rodas e o sistema elétrico de ônibus também apresentam problemas.
Foram abordados 125 ônibus na Praça da Estação e Avenida Bernardo Monteiro.
Destes veículos, 48 foram retidos e só vão ser liberados depois dos problemas serem sanados.
Foram detectadas irregularidades também quanto ao não cumprimento dos horários.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

5 comentários em Vergonha: ônibus regulares andam iguais aos clandestinos

  1. Pela foto achei que fossem onibus da Cooperativa Novo Horizonte da zona leste de SP, mas são de Belo Horizonte, mas a semelhança e incrivel, impressionante, será que não são do mesmo grupo?

  2. André Marianno // 3 de julho de 2012 às 16:24 // Responder

    Pedro, se a SPTrans fizer isso na ZL, encontrará coisas bem piores, com certeza…

    • André, A Sptrans não faria isso, ela adora a Novo Horizonte, ela sabe e retirar linhas, diminuir a quantidade de onibus e aumentar os intervalos, da a entender na minha opinião que a Sptrans presta serviços as empresas e não a população.

  3. NOVIDADE?… Não Nenhuma!. TODOS NÓS… Empresários das Redes de Transporte, Empregados, Motoristas, Cobradores, Mecânicos, Borracheiros, Eletrcistas, Passageiros, Prefeitos, Vereadores, Membros do DER, DETRAN, DENATRAN, COTRAN e outros ‘TRNs’, bem como a própria polícia militar, cicil, federal SABEM DE TAIS IRREGULARIDADES. Planilhas enviadas às prefeituras por ocasião de solicitarem “reajuste das tarifas” (Que na Verdade não é Rejuste e sim AUMENTO REAL), contém informações e dados pra justificarem sua solicitação de aumento, que certamente Não Condizem com a Realidade, com os Fatos. Infelizmente são em situações assim que surgem as ‘cumplicidades’ entre as partes. Não acredito em reais melhorias nesse sentido! O Sistema está Furado mas infelizmente é assim que ele funciona e é assim que continuará!.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: