Viatura da Polícia Militar desrespeita pedestres em Santo André

policia militar
Viatura da 1ª Cia do 41 BPM – M estacionada sobre faixa de pedestres em Santo André, na Grande São Paulo, enquanto policiais estavam almoçando. Foto: Adamo Bazani

E quem deveria dar o exemplo…
Em plena época que os apelos sobre a necessidade de maior respeito ao pedestre ganham mais espaço na mídia, policiais militares de Santo André estacionam sobre a faixa para almoçarem

ADAMO BAZANI – CBN

Não é de hoje que os agentes que deveriam respeitar a lei nem sempre dão o exemplo que se espera deles.
São políticos, profissionais da área de transportes públicos, trânsito e policiais, etc.
E foi justamente o que ocorreu neste sábado, dia 31 de março de 2012, por volta das 12h20, em Santo André, na Grande São Paulo.
Um carro da Primeira Companhia do 41º Batalhão estava estacionado sobre a faixa de pedestres. O veículo não estava atendendo a nenhuma ocorrência de emergência.
Ele foi deixado sobre a faixa pelos policiais que almoçavam num restaurante bem em frente onde foi pintada a faixa.
A irregularidade ocorreu na Rua Alenquer, esquina com a rua Macaúba, no Bairro Paraíso, em Santo André, na Grande São Paulo.
Havia duas viaturas no local. Os policiais das duas almoçavam no restaurante de bairro.
A de número 41112 estava estacionada na Rua Macaúba, sentido Rua Juazeiro e Hospital Mário Covas. Ela estava bem perto da esquina e da faixa de pedestres. O carro de número 41107 estava bem em cima da faixa de pedestre na Rua Alenquer, sentido Avenida Pereira Barreto.
O fato ocorreu quando toda a mídia volta a atenção para a necessidade de maior respeito ao pedestre.
No ABC Paulista, onde as viaturas foram flagradas pela reportagem, o Consórcio Intermunicipal do ABC prometeu intensificar as orientações, fiscalizações e multas sobre os motoristas que não respeitam os pedestres, principalmente nas faixas, com campanhas como “Travessia Segura”.
Pelo CTB – Código de Trânsito Brasileiro, a infração cometida pelos policiais é grave e sujeita a guinchamento do veículo. É o que está previsto no Artigo 181 do Código:

Art. 181. Estacionar o veículo:

VIII – no passeio ou sobre faixa destinada a pedestre, sobre ciclovia ou ciclofaixa, bem como nas ilhas, refúgios, ao lado ou sobre canteiros centrais, divisores de pista de rolamento, marcas de canalização, gramados ou jardim público:
Infração – grave;
Penalidade – multa;
Medida administrativa – remoção do veículo;

policia militar
Carro da PM estava vazio e a faixa de pedestres, perto de uma feira livre, foi bloqueada pela viatura, que não estava em ocorrência. Foto: Adamo Bazani

Mas neste caso, o veículo, que repetimos, não estava em ocorrência, não foi guinchado e os policiais não foram punidos.
A área é escolar. Do outro lado, na calçada oposta a do restaurante, fica a E.E.P.S.G Dr. Luiz Lobo Neto. Por ser sábado, não havia aula.
Mas o fluxo de pessoas estava maior que o normal naquele ponto do bairro. Isso porque na rua paralela à Rua Macaúba, onde estava a viatura 41112, ocorria uma feira-livre, na Rua Jabaquara.
Em parte da Rua Alenquer, onde estava a viatura estacionada sobre a faixa, havia caminhões de feirantes parados e mesmo o trecho terminando na feira, veículos de clientes das barracas e de moradores do trecho continuavam fazendo as conversões na rua Alenquer, aumentando a necessidade da faixa de pedestres estar livre.

POLÍCIA PROMETE APURAR O CASO:

A Polícia Militar, através da Sala de Imprensa, respondeu à reportagem de Adamo Bazani. A corporação condenou a conduta dos policiais militares e vai apurar o caso, confira a resposta na íntegra:

“A Polícia Militar informa que nada justifica este tipo de conduta, foi determinada a correspondente apuração relativa a fotografia enviada.
Reafirmamos o compromisso da transparência com o cidadão e de não compactuar com a irregularidades praticadas pelos seus integrantes.”

Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.