Transportes no Distirto Federal ferem até Direitos Humanos

Transportes precários no Distrito Federal

Ônibus na região do Distrito Federal. Problemas são graves e poder público admite isso, colocando a licitação do sistema, cujo edital deve estar pronto até o final deste ano, como única solução para os transportes considerados em situação caótica. Boa parte dos ônibus e empresas opera de maneira irregular, sem documentos e manutenção inclusive. Só em outubro, foram 700 apreensões. A idade de quase metade da frota é de 19 anos. Os ônibus quebram constantemente e até chove dentro. As linhas são insuficientes em muitas regiões e até o preparo dos motoristas é questionado. Comissão dos Direitos Hum anos da Câmara dos Deputados também vai debater o tema.

Situação precária dos transportes no Distrito Federal
Comissão dos Direitos Humanos da Câmara dos Deputados e Prefeitos do entorno de Brasília devem discutir o problema que se tornou um dos mais graves da região

ADAMO BAZANI – CBN

A rotina de quem precisa de transportes urbanos em Brasília e nos municípios vizinhos não é a das melhores possíveis.
Boa parte das empresas e dos ônibus não opera de forma irregular. Muitos veículos até sem registro.
A idade da frota é outra deficiência. De acordo com o Departamento de Transporte Urbano do Distrito Federal – DF Trans, que só em outubro recolheu 712 ônibus, quase metade dos ônibus que servem a região tem 19 anos. Praticamente o dobro do máximo permitido na maior parte das cidades que operam ônibus por contratos de concessão firmados em licitação.
Dentro dos ônibus chove, eles quebram constantemente e os problemas não se limitam à má qualidade da frota.
Os motoristas são considerados despreparados, os horários não são cumpridos e há linhas sobrepostas em algumas regiões, enquanto que em outras áreas que tiveram crescimento de atividades econômicas e deslocamento de pessoas recentemente ainda faltam serviços de ônibus em quantidade e qualidade suficientes.
Para tentar debater o problema, a Agência Câmara de Notícias informou que nesta quarta-feira, dia 16 de novembro de 2011, a Comissão de Direitos Humanos e Minorias, vai se reunir e convidou prefeitos da região.
A ideia é reunir propostos do que pode ser feito emergencialmente.
Segundo a Agência, a reunião foi uma iniciativa da deputada Flávia Morais. Ela destacou que a população não suporta mais a forma como é tratada e que um transporte sem qualidade fere também os Direitos Humanos.
Flávia Morais disse que são cada vez mais constantes os protestos de moradores e passageiros.
Administradores locais também reclamam da situação.
O prefeito de Planaltina de Goiás, José Olinto Neto, reclama do transporte da região metropolitana de Brasília. “É o mais caro do Brasil. Oito cidades que dão acesso a Brasília, que estão aí na faixa de 50 a 40 km [de distância da capital], é um monopólio de 40 anos: uma mesma empresa operando num município há 40 anos. É igual uma cidade só ter um supermercado.”
LICITAÇÃO:
O DFTrans – Departamento de Transporte Urbano do Distrito Federal reconhece o problema e diz que a solução definitiva deve vir através da licitação do sistema.
O edital deve ficar pronto até o final deste ano e a previsão é de que 3 mil ônibus sejam renovados depois do certamente, com conclusão em 2013.
Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

2 comentários em Transportes no Distirto Federal ferem até Direitos Humanos

  1. Infelizmente é uma realidade de muitas cidades do país. Entretanto, é importante realizar a licitação pensando na solução dos problemas, e não apenas na simples troca da frota. Em São José dos Campos-SP, a licitação colocou quase 400 ônibus zero km nas ruas da cidade, mas os problemas de super-lotação, falta de ônibus, integração, vandalismo, trânsito, tudo continuou igual ao tempo pré-licitação. Tem que licitar, e também definir parâmetros de qualidade, quantidade mínima nas linhas, corredores dedicados ou segregados, enfim, transporte público tem que ter uma solução global e abrangente. Trocar ônibus de 19 anos por outros zero km, na minha opinião, é apenas coisa para inglês ver.

  2. Oi Adamo Tudo Bem.Eu Queria Saber A Frota Da Vipe-Viação Padre Eustaquio Municipal E Intermunicipais? e a nova linha que vai pra vila prosperidade é a 08 por que são 7 linhas 01-semi circular santa maria/oswaldo cruz,02-circular gerty,03-circular barcelona,04-circular a-santa paula,05-circular b-bairro mauá,06-circular nova gerty e 07-circular boa vista.Muito Obrigado a Adamo Você Sabe Se A Viação São Camilo e EUSA-Urbana Santo André Foi Vendida?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: